Notícias

Skip Navigation LinksHome > Notícias > O DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
quarta-feira, 5 de junho de 2019

O DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE


 

O Dia Mundial do Meio Ambiente começou a ser comemorado em 1972, com o objetivo de promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente, e alertar o público e governos de cada país sobre os perigos de negligenciarmos a tarefa de cuidar do mundo em que vivemos. No Brasil ainda se celebra a Semana Nacional do Meio Ambiente, como consequência da data criada pela ONU. Todos os anos, as Nações Unidas abordam um tema diferente ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

 Esta foi a forma encontrada pela ONU para dar ideias de atividades que promovam a conscientização da população para preservar o meio ambiente, a edição deste ano, traz como tema a “Poluição do Ar”, uma questão crítica tanto para o meio ambiente quanto para a saúde humana. Nesta data também é comemorado o Dia Nacional da Reciclagem criado a partir da Lei nº 12.055, de 9 de outubro de 2009. A data tem como propósito criar debates e reflexões nos diversos grupos sociais sobre os vários problemas ambientais que o planeta Terra enfrenta ou enfrentará, caso não seja feito algo para evitar a massiva poluição. O objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância de coletar, separar e destinar os materiais recicláveis, como embalagens plásticas, cartões, peças eletrônicas, etc. A reciclagem é uma das alternativas que podemos usar para ajudar o meio ambiente a se regenerar e não se desgastar rapidamente.

Segundo dados do último Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2017, realizado pela ABRELPE, os 1.794 municípios da região Nordeste geraram, em 2017, a quantidade de 55.492 toneladas/ dia de Resíduos sólidos urbanos, dos quais aproximadamente 79,1% foram coletadas. Dos resíduos coletados na região, 64,6% ou 28.351 toneladas diárias, foram encaminhadas para lixões e aterros controlados, essa modalidade de aterro tem um impacto menor no meio ambiente pois o resíduo não entram em contato diretamente com o solo evitando a contaminação das afluentes e lençóis freáticos, além da filtragem dos gases emitidos pelos resíduos o que também diminui a emissão de gases poluentes. A melhor maneira de diminuir a contaminação do solo, é diminuindo o consumo de embalagens e destinando os resíduos de forma correta, a coleta seletiva é uma forma efetiva de diminuir esses impactos, melhorando as condições e preservando o meio ambiente, garantindo a sobrevivência do ecossistema e das próximas gerações.


Seminário Reforma Trabalhista e Negociação Coletiva

assista o vídeo
.
.